Quem fui, quem sou, quem serei...

De cor verde-esmeralda são os olhos de quem chora, de quem ri, de quem sonha. De quem espera pelo inesperado. De quem sabe que não há impossíveis, mas que acredita na impossibilidade do possível. Na cor verde-esmeralda, habita um presente cinzento e um futuro cintilante. Filha do vento e da brisa, inconstante. Filha da brisa e do vento…

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Até já!
Ou
Até já…

A diferença não existe. Pelo menos para ti, porque para mim existe.

Porque mo disseste?
Porque mo disseste, se não era o que querias, se não era o que irias fazer.

Respondi-te “adeus”, quando eu, sim eu te deveria, te queria dizer “até já”.
Mas tu não querias…
…e dos meus lábios saiu um rápido e atrapalhado mas decidido “adeus”.
E tu não acreditaste…
…e eu, não acreditei no teu “até já”.

Porque mo disseste?
Porque me disseste o que em tempos dizias quando no fulgor da paixão de mim te despedias, quando no fulgor da paixão contavas os dias para um novo beijo, um novo abraço, um novo olhar, um novo NÓS.

Vim, sem olhar para trás, pensaste tu, pensei eu. Deitei-te um último olhar de relance, o teu olhar, a tua cara…
…triste, sim triste por ti, por mim, por NÓS.
Olhei-te, foi o último olhar que te dei, e fui em paços largos e decididos sem nunca fraquejar.
Como queria dar meia volta e abraçar-te, como queria…
Mas não, fui, com o teu “até já” a ecoar dentro de mim.
Será?
Será que o “até já” se concretizará?
Não!
Não vais ser capaz…

Disse-te “adeus” e queria dizer “até já”
Disseste-me “até já”, quererias tu dizer “adeus”?

BEIJO

3 comentários:

Ana disse...

Seja entre amigos ou entre amantes... um adeus é sempre um até já! Por mais voltas que dê o mundo quando duas almas estão ligadas acabam sempre por se reencontrar!

Boa semana

clarinha disse...

Bom dia Ana:

Um "Adeus", nunca por nunca ser é um "Até já".
Nunca!
Se te disser "Adeus" é sinal que não te pretendo ver, se te disser "Até já" significa que pretendo que o tempo passe rápido, rápido...

Mas sim, concordo em pleno, quando duas almas estão ligadas, mis tarde ou mais cedo encontram-se.

Esmeralda disse...

Ana:
Concordo com a Clarinha, quando digo "Adeus", é mesmo "Adeus", quando digo "ATé já", "xauzinho", significa que logo, logo, irei rever alguém.

E agora concordo com as duas, o destino é algo muito poderoso, quando duas almas estão destinadas encontram-se quer nesta vida quer na próxima.
Se bem, que no meu caso, nesta vida vai ser muito complicado...

beijocas