Quem fui, quem sou, quem serei...

De cor verde-esmeralda são os olhos de quem chora, de quem ri, de quem sonha. De quem espera pelo inesperado. De quem sabe que não há impossíveis, mas que acredita na impossibilidade do possível. Na cor verde-esmeralda, habita um presente cinzento e um futuro cintilante. Filha do vento e da brisa, inconstante. Filha da brisa e do vento…

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Vivo num limbo em que a noite é dia e o dia é noite, onde o mar tem dureza de pedra e a pedra transparência de mar.
Num mundo onde o cheiro de uma flor sabe a dor e a dor perfuma o mundo em que habito.
Vivo num mundo em que os anos passam sempre iguais. Onde os afectos ficam aquém e além do mar de pedra e onde os brilhos do arco-íris são fruto de ilusões em vidas por mim desenhadas.
Vivo num mundo estranho onde a força e a aparência são meios de subsistência.
Nele vivi e aprendi a viver.
Já nada me tomba, já nada me transtorna.
Caminho firme no meio de ventos e tempestades, tal qual farol que protege a forte mas agora frágil traineira, por mares revoltos e violentos.
Sou muro rochoso feito de diamante do mais resistente que há, onde ventos e tempestades embatem, mas nada me detém, nada me desgasta…
…sou muro rochoso, protegendo quem me devia proteger.
E se no dia em que o dia for dia e a noite for noite devolvendo a transparência ao mar e o perfume à flor, conseguirei tornar-me carne em vez de pedra?
Conseguirei transpor o arco-íris desenhado para o mundo real?
Conseguirei sorrir por dentro?
Conseguirei…

11 comentários:

Edu disse...

O mundo e mesmo assim , temos que ser nós a rasgar o horizonte e ilumina.lo com outra luz, nem que seja por momentos , mas ai seremos felizes.
Alem disso ja sabes que se nao conseguires sorrir, podes contar comigo para dizer asneiras e te fazer rir loool
bju

Esmeralda disse...

OBRIGADA!

Perla disse...

"Vivo num mundo estranho onde a força e a aparência são meios de subsistência."
É bem verdade!
Mas marquemos a diferença, sem medos!
Que o sorriso que transparece no rosto ilumine e contagie os olhos e o coração, e não seja apenas fachada.
Tem a coragem de procurar em ti motivos para sorrir por dentro e de verdade. Encontrá-los-ás, acredita em ti!

Beijinhos

mdsol disse...

:))

poetaeusou . . . disse...

*
recusa o mundo hipócrita,
vive o teu e segue em frente,
tudo o que é banal acabará . . .
,
conchinhas
,
*

Multiolhares disse...

Não sei se és um muro rochoso, mas serás de certeza uma lutadora,
Uma mulher que sabe o que quer e não desiste mesmo perante uma tempestade,
Quantas vezes sinto que este mundo é ilusório e nós não passamos de simples sombra,
Mas o caminho é para a frente, dou-te a minha mão vamos caminhar
beijinhos

Esmeralda disse...

Multiolhares, as tuas palavras viraram sininhos... :)
Obrigada.
Sou um muro sim, e em certa parte uma lutadora.
A minha grande batalha que tem tantos anos quanto eu, faz com que as forças sejam nulas para conseguir batalhar noutras lutas.
Infelizmente sou um tanto ou quanto fraca.
Obrigada pela tua mão... :)

beijocas

Esmeralda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cemitério de Ilusões disse...

vc condegirá tudo o q qser
pois no teu mundo
eh vc quem ama
e realmente
lindo seu mundo
repelto de metamorfose
volto?

volto sim,com certeza



eloyna

clarinha disse...

Esmeralda, mesmo que seja dificil sorrir. Sorri!
O mundo é feito de sorrisos.
Parece-me que és uma lutadora, luta para sorrires, mesmo que a alma te doa!

Esmeralda disse...

Serás sempre bem vindo cemitério de ilusões...

beijocas